Transforma as moléculas presentes nos gases de efeito estufa e poluentes (como CxHy, CO2, CO, NOx, SOx) em matérias primas (carbono e enxofre sólidos, oxigênio, hidrogênio e nitrogênio) ou energia que podem ser reinseridos no processo produtivo.

O “GásLimpo-CleanGas” é uma tecnologia CCS (Captura e Armazenamento de Carbono), porém com o diferencial de reuso dos produtos resultantes. Poderia, assim, ser chamada de tecnologia CCS-R (Captura, Armazenamento e Reuso do Carbono).

Tem como principais vantagens: baixo custo, alta eficiência de tratamento e dimensões reduzidas, que fazem da tecnologia “GásLimpo-CleanGas” um excelente instrumento para tratamento de resíduos.

Da descarbonização dos gases pela tecnologia “GásLimpo-CleanGas” resultará uma quantidade considerável de carbono amorfo, nanotubos, grafenos e fulerenos com vasta aplicações em inúmeros produtos (Clean Semiconductor).

Em 2009, o “GásLimpo-CleanGas” foi escolhido pelo Desafio Climático do Financial Times como uma das melhores inovações globais para lidar com as mudanças climáticas. A competição tinha como objetivo encontrar e  divulgar as melhores inovações de baixo carbono ao redor do mundo.

Os objetivos principais são:

•    Descarbonização e inertização de gases de efeito estufa (GEE’s), tóxicos e outros poluentes;
•    Produção de combustível sintético (syngas) a partir de gases de efeito estufa (CH4 e CO2);
•    Destruição de gases contaminantes (organoclorados, toxinas, dioxinas, furanos, etc.);
•    Produção de carbono amorfo e nanoestruturas a partir de gases de efeito estufa;
•    Transformação do passivo ambiental (CH4, CO2 e outros) em ativos econômicos (carbono, hidrogênio, oxigênio, etc.).

A tecnologia contempla aplicações nas seguintes áreas:

•    Poços de prospecção de gás e petróleo, etc.
•    Termoelétricas a carvão, petróleo, gás, biomassa, pneus, lixo, etc;
•    Siderúrgicas, cimenteiras, usinas sucroalcoleiras, etc;
•    Indústrias em geral;
•    Lixo urbano, industrial e hospitalar;
•    Biodigestores: Estações de Tratamento de Esgoto - ETE, aterros sanitários, suinocultura, bovinocultura, avicultura e outros;
•    Transportes: ônibus, caminhões, trens, navios, automóveis, etc.;
•    Tratamento de outros gases (CFC, HCFC, etc.);
•    Tratamento de óleos contaminados com PCB’s (ascarel e outros);

Os possíveis elementos de diferenciação que geram vantagens competitivas para o cliente são:

•    Geração de resíduos que são matéria prima para várias indústrias e/ou material combustível para reutilização em queimadores;
•    Utilização dos gases emitidos (hidrogênio e oxigênio) como combustível e comburente respectivamente, enriquecendo a mistura nos queimadores;
•    Geração créditos de carbono para o Tratado de Quioto e Mercado Voluntário;
•    Atendimento das normas da ISO 14064;
•    Aumento dos benefícios fiscais por ser tecnologia limpa;
•    Aumento dos benefícios para financiamento pelos Bancos de Desenvolvimento, com a diminuição da taxa de juros e alongamento dos prazos de financiamento;
•    Facilidade e redução do custo do licenciamento ambiental;
•    Geração de ativo financeiro e diminuição do passivo ambiental;
•    Melhoria nos índices de Sustentabilidade nas bolsas Dow Jones, BOVESPA e etc. para as empresas classificadas neste mercado.








Copyright © CarbonoBrasil - Todos os direitos reservados.